Inicial Artigos A Criação de Deus

 

 

Voltar para o livro O FIRME FUNDAMENTO

 

 


A CRIAÇÃO DE DEUS

 

 

 

Disse o néscio no seu coração: Não há Deus. (Salmo 14:1). Não existe outro que possa ocupar esta posição. Todo mundo sabe e crê que Deus existe – menos o néscio (ou tolo). Porém, nem todos os homens conhecem a Deus. Como resultado disso, a Bíblia diz que os homens têm feito coisas terríveis.

 

 

Em Romanos 1:21-25 a Bíblia diz, Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos. E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si; Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.

 

 

Então vemos que a palavra de Deus declara que todos os homens, a princípio, possuem algum conhecimento de Deus. Todos os homens começam suas vidas com alguma fé em Deus. Não existe nenhum ser humano que nasce sem crer na existência do Deus Todo-Poderoso. Alguém chega depois e ensina a pessoa a deixar de crer em Deus. Alguém faz com que a pessoa fique envergonhada, e aí a pessoa deixa de crer nesta verdade. Alguém educa a pessoa para ela crer no erro. Mas os homens nascem com consciência sobre a existência de Deus.

 

 

Ora, com certeza falta muita coisa neste conhecimento, mas todos vêm ao mundo com certa noção de que eles possuem um Criador, ao qual terão de prestar contas.

 

 

A Bíblia diz que há muitas coisas estranhas que acontecem ao longo da jornada da vida. Em Mateus 7:13, Jesus Cristo o Senhor disse, larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela. Nesta estrada espaçosa estão aqueles que não glorificam a Deus, não são gratos a Deus pela vida que Ele lhes deu. Por causa disso, eles se tornam vãos em seus pensamentos.

 

 

Isso os conduziu a mudarem a glória do Deus incorruptível em uma imagem. Esta imagem pode ter sido feita semelhante a um homem, ou a uma ave, ou a um animal quadrúpede, ou a um réptil.

 

 

Os homens “civilizados” olham com zombaria os que eles chamam de “selvagens”, e ficam admirados de ver como eles podem confiar numa estátua, num ídolo feito de pedra ou madeira. Então, essas mesmas pessoas vão para uma igreja onde há imagens e ídolos.

 

 

Algumas pessoas “iluminadas” possuem pequenas estátuas em suas casas, ou no seu jardim, representando algum santo ou uma virgem. Outros adoram num santuário onde há uma imagem ou um ídolo.

 

 

A Bíblia diz claramente que a razão pela qual eles se voltaram para este ídolo é porque eles, primeiramente, viraram as costas para Deus. E lemos em Romanos 1:24, Por isso também Deus os entregou.

 

 

Ninguém nasce como um pagão ou adorador de imagens. Os homens primeiro desistem de Deus, depois se voltam para a idolatria. Em consequência disso, Deus os entrega. Meu amigo, isso é assustador.

 

 

Você sabe que uma imagem, ou ídolo, não pode salvar ninguém. Você sabe que aquilo ali não passa de madeira e pedra. Um homem fez aquela imagem com suas próprias mãos. Você pagou por ela e a comprou. Eu não quero ter um Deus que eu posso comprar. Meu Deus é o criador dos céus e da terra, e ele é o dono de tudo. Eu te garanto que Deus não é feito de pedra nem de madeira.

 

 

Alguns de vocês poderão querer justificar a idolatria, porque vocês têm parentes que frequentam igrejas e se auto-denominam cristãos, mas que estão cheias de imagens e ídolos. Querido amigo, você não vai conseguir ajudar seus parentes apoiando o pecado deles contra Deus. Idolatria é uma abominação ao Senhor, especialmente se os ídolos levam o nome dEle ou o nome de pessoas encontradas na Santa Bíblia dEle.

 

 

Isso não é tudo. Alguns homens (na verdade, infelizmente muitos homens), que não se envolvem em adoração de ídolos e imagens, por sua vez, mudaram a verdade de Deus em mentira (Romanos 1:25).

 

 

Jesus Cristo disse em João 17:17: Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade. A palavra de Deus é a verdade.

 

 

Há aqueles que dizem que a palavra de Deus é mentira, que dizem que as Escrituras não são verdadeiras, que dizem que há coisas na palavra de Deus que não se deve acreditar. Esses infiéis vivem falando que há erros na Bíblia. Todas essas pessoas mudaram a verdade de Deus em mentira.

 

 

Romanos 1:26 fala, a respeito desses homens, que Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Se você abandonar a Deus, a Bíblia diz que Deus vai abandonar você. E aí, o que você vai fazer?

 

 

O céu pertence a Deus. O trono de Deus está lá. A vida pertence a Deus. Somente Deus possui a vida eterna. Se Deus abandonar você, meu amigo, você vai ficar de fora do céu. Você vai ficar sem vida eterna.

 

 

Temos, então, o terceiro grupo. A Bíblia diz que essas pessoas não necessariamente adoram imagens ou ídolos, e elas não necessariamente mudaram a verdade de Deus em mentira, mas esse grupo são pessoas que honraram e serviram mais a criatura do que o Criador.

 

 

Você é um ser criado. Você é uma criatura de Deus. Você vive para você mesmo, e não para Deus? Você vive pelas suas próprias opiniões, pelas suas próprias regras, pelos seus próprios padrões, e não por aqueles que Deus estabeleceu para você?

 

 

Você tem vivido a sua vida sem considerar Deus, ou sem consultar a Deus? A sua vida é uma vida de auto-determinação, ou é uma vida governada pelo Senhor? A Bíblia diz que Deus vai abandonar esses também.

 

É algo muito triste quando Deus abandona você. Deus é longânimo. Ele é rico em amor e misericórdia. Ninguém é mais longânimo, ninguém é mais paciente do que Deus, então quando você se coloca numa posição em que Deus abandonou você, você estará igual se estivesse dentro do inferno com as portas trancadas.

 

O fato de que você está lendo estas palavras me diz que ainda existe, no profundo do seu coração, uma crença em Deus. Ainda há algum interesse quanto ao seu relacionamento com o Deus Todo-Poderoso. Você tem que fazer alguma coisa em relação a isso.

 

 

Se a idolatria está no meio do seu caminho, você precisa abandonar essas imagens, confessar que elas são pecado, negar qualquer relacionamento com elas, e vir ao DEUS VIVO e verdadeiro, confiando nele para salvação da sua alma.

 

 

Se você é um desses, que foi enganado pelo diabo para ficar dizendo que não se deve acreditar na Bíblia, você precisa se arrepender deste pecado. Esse é o pecado mais antigo da história da humanidade. Satanás falou para Eva, no Jardim do Éden, que Deus havia mentido. Ela acreditou em Satanás. Você sabe o que ela descobriu? Deus não havia mentido. Ela morreu! Adão descobriu que Deus não havia mentido. Adão morreu.

 

 

Ora, o diabo vai dizer a você, até o dia em que você morrer, que a palavra de Deus não é verdade. Deus diz que ela é absolutamente verdadeira.

 

 

Escolhei hoje a quem sirvais (Josué 24:15). Eu te digo, amigo, creia no registro de Deus sobre Si mesmo, antes que Ele abandone você.

 

 

Se você tem servido mais a criatura (você mesmo) do que seu Criador (seu Deus), você precisa negar a si mesmo e vir a Deus, através do Seu Filho, o Senhor Jesus Cristo. Não há nenhuma outra esperança para você. Você não é Deus. O diabo não é Deus. Objetos inanimados e ídolos não são Deus.

 

 

Deus é o grande EU SOU. Ele vive para sempre. Ele é o princípio, e o fim. Ele é o único Deus.

 

Você conhece a Deus?

 

No restante desta lição, falaremos sobre a criação feita por Deus.

 

 

A Bíblia coloca Deus como sendo o Criador de todas as coisas visíveis e invisíveis. Este é um fato bem estabelecido. Isso é facilmente compreendido por todos os que crêem nas escrituras.

 

 

Hebreus 11:3 afirma, Pela fé entendemos que os mundos pela palavra de Deus foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente.

 

 

Tendo aprendido tantas coisas sobre Deus, e Seu maravilhoso poder e sabedoria, é natural aceitar o fato de que Ele criou o mundo. Deveríamos esperar que esta revelação concordasse com as descobertas da verdadeira Ciência, e é exatamente isso que acontece.

 

Se parece haver alguma discórdia, devemos procurar eliminar o problema, reconhecendo e admitindo que:

 

  1. A Ciência muitas vezes simplesmente não conseguiu ainda juntar todos os fatos. Tão logo quanto a Ciência consiga juntar todos os fatos sobre o assunto, eles sempre vão estar alinhados com a Bíblia;

  2. Nosso conhecimento das Escrituras é incompleto.

 

Nos propomos, assim, a acabar com a dificuldade que o homem parece ter em acreditar que Deus é o Criador. Isso é possível sem que o homem tenha que negar sua razão, mas, ao invés disso, apelando para o seu raciocínio.

 

Primeiramente, a Bíblia declara que Deus criou os mundos, e tudo que neles há. Especificamente, a Bíblia fala que eles foram feitos por Deus o Filho, o Senhor Jesus Cristo.

 

 

Gênesis 1:1 é conhecido por quase todos aqueles que já abriram a Bíblia alguma vez na vida. Na verdade, este versículo é conhecido por milhões de pessoas que nunca leram a Bíblia.

 

 

Nesta passagem, a palavra de Deus diz sucintamente: No princípio criou Deus os céus e a terra. Repare que a Bíblia não inicia com uma discussão. A Bíblia começa com uma declaração. A Bíblia não começa com apologética. A Bíblia começa com uma declaração de verdade absoluta.

 

 

O homem pode aceitar ou rejeitar.

 

 

Você percebe como este versículo se relaciona com Hebreus 11:3?

 

 

Não há nada para ser compreendido – é uma questão de fé.

 

 

No princípio não havia nada além de Deus.

 

 

As pessoas dizem “De onde é que Deus veio?” Não, não não; foi o “onde” que veio de Deus. Não havia nenhum lugar de onde Deus pudesse ter vindo; todas as coisas é que vieram de Deus.

 

 

Criar significa fazer do nada. Deus criou os céus e a terra.

 

 

Em Hebreus 1, vamos ler o relato do Novo Testamento sobre este assunto: Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo. (Hebreus 1:1-2).

 

 

Quem criou os céus e a terra?

 

 

Foi Deus.

 

 

Como que Deus fez?

 

 

Foi pelo seu Filho, o Senhor Jesus Cristo.

 

 

Deus o Filho fez o trabalho, propriamente dito, de formar e fazer o mundo. E: Tu, Senhor, no princípio fundaste a terra, E os céus são obra de tuas mãos. Eles perecerão, mas tu permanecerás; e todos eles, como roupa, envelhecerão, e como um manto os enrolarás, e serão mudados. Mas tu és o mesmo, E os teus anos não acabarão. (Hebreus 1:10-12).

 

Veja só, antes que houvesse os céus e a terra, DEUS JÁ EXISTIA. Mesmo antes de sua manifestação em carne humana, Deus existia corporalmente na pessoa do Senhor Jesus Cristo. Com suas mãos, ele formou a terra, e formou os céus, e formou os fundamentos. E, quando todos eles passarem, quando o universo passar, quando a terra passar, quando este planeta onde nós vivemos passar, Jesus Cristo ainda continuará sendo forte e poderoso.

 

 

As pessoas hoje estão preocupadas com a fome, a seca, perseguições, extermínios, governos descontrolados. Eles estão preocupados com ecologia e preservação da terra. Eles estão preocupados, com medo de o planeta ser destruído por armas nucleares.

 

 

Deixe-me dizer uma coisa, meu amigo, se você conhece o Deus verdadeiro e seu Filho, o Senhor Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, e se você recebeu dele a vida eterna e possui a promessa certa e absoluta dEle, de que você estará com Ele para sempre, você não precisa se preocupar com a destruição desta terra. Você não tem que se preocupar com a destruição dos céus. Eles com certeza serão destruídos. Mas, tão certo quanto os céus e a terra serão destruídos, Deus não será destruído. Você estará seguro com Ele por toda eternidade. Ao invés de se preocuparem com esta terra, os homens precisam se preocupar com as suas almas. É isso que é importante.

 

 

Em Colossenses 1, vemos uma ênfase ainda maior na obra criadora de Deus, o Filho. Lemos, O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor; em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados; o qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele. (Colossenses 1:13-17).

 

 

Este é o Deus da Bíblia. Ele é seu Criador. Isso não poderia ter sido escrito de forma mais clara. Deus é antes de todas as coisas, e por Ele todas as coisas subsistem. Todas as coisas foram criadas por Ele e para Ele. As pessoas dizem que Deus não tem o direito de dizer a elas o que devem fazer, no que devem acreditar, ou como devem viver.

 

 

Amigo, você nem estaria aqui se Deus não tivesse feito você. Seu coração não estaria batendo e pulsando sangue pelo seu corpo, para te manter vivo, se Deus não fizesse isso acontecer.

 

 

Tudo que você é, tudo que você tem, e tudo que você será, é consequência direta da obra de Deus. Seu corpo é feito da poeira e da água que pertencem a Deus. Você está respirando o ar, que pertence a Deus. Você está comendo comida, que pertence a Deus. A vida que você possui, vem de Deus. Tudo é dEle. Você é dEle. Ele tem todo direito; aliás, Ele é o único que tem direito, de dizer a você o que você deve fazer e como você deve viver. Você, com certeza, não tem direito de dizer a você mesmo como você deve viver.

 

 

Deus fez você.

 

 

Em João 17:5, Jesus diz, E agora glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse.

 

 

Antes que o mundo existisse, o Pai, a Palavra e o Espírito Santo (I João 5:7) estavam presentes, para criar tudo.Você não consegue perceber que a sabedoria, o conhecimento e o poder deles são superiores aos seus?

 

Não está escrito quando é que Deus criou os céus e a terra, mas sabemos que foi em seis dias. Deus atuou em sua criação, moldou, criou a vida animal que existe hoje na terra.

 

 

A Bíblia diz em Gênesis 1:3-5, E disse Deus: Haja luz; e houve luz. E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas. E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro.

 

 

Ora, não há motivo para questionar o período de tempo que se passou aqui. Se as palavras possuem qualquer significado, esse dia é literal, um dia de vinte e quatro horas. Temos dia, com a luz, e temos a noite, com as trevas. O dia relatado tinha tarde e manhã. Este é o primeiro dia, exatamente como os homens o experimentam hoje. A Bíblia é muito clara. Creia nela do jeito como ela está escrita. Não traga maldição para sua alma, tentando mudar a verdade de Deus em mentira. Creia na palavra de Deus, creia no que Ele disse.

 

 

Veja só, eu fico admirado de ver alguns de vocês que crêem que Deus é poderoso o suficiente para criar os céus e a terra, mas vocês não conseguem crer que Ele seja capaz de fazer isso em seis dias literais, de vinte e quatro horas. Se Ele é poderoso suficiente para fazer tudo, porque é que isso levaria qualquer duração de tempo para Ele fazer?

 

 

E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja separação entre águas e águas. E fez Deus a expansão, e fez separação entre as águas que estavam debaixo da expansão e as águas que estavam sobre a expansão; e assim foi. E chamou Deus à expansão Céus, e foi a tarde e a manhã, o dia segundo. E disse Deus: Ajuntem-se as águas debaixo dos céus num lugar; e apareça a porção seca; e assim foi. E chamou Deus à porção seca Terra; e ao ajuntamento das águas chamou Mares; e viu Deus que era bom. E disse Deus: Produza a terra erva verde, erva que dê semente, árvore frutífera que dê fruto segundo a sua espécie, cuja semente está nela sobre a terra; e assim foi. E a terra produziu erva, erva dando semente conforme a sua espécie, e a árvore frutífera, cuja semente está nela conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom. E foi a tarde e a manhã, o dia terceiro. (Gênesis 1:6-13).

 

 

De onde vieram as plantas? De onde veio a vegetação? De onde vieram as árvores, os frutos, os vegetais? Deus os fez no terceiro dia.

 

 

Agora, vamos para o quarto dia: E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos. E sejam para luminares na expansão dos céus, para iluminar a terra; e assim foi. E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas. E Deus os pôs na expansão dos céus para iluminar a terra, e para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas; e viu Deus que era bom. E foi a tarde e a manhã, o dia quarto. (Gênesis 1:14-19).

 

Há duas coisas muito interessantes neste quarto dia. Primeiro, temos alguns por aí que ensinam que esses dias de Gênesis capítulo 1 não são dias literais, mas são na verdade milhares e milhares de anos. Entretanto, sabemos que as plantas não podem viver sem luz solar. Esta é uma lei do planeta Terra. As plantas foram feitas no terceiro dia. O sol foi feito no quarto dia. Se esses dias fossem milhares de anos, todas as plantas teriam morrido antes de o Sol ter aparecido pela primeira vez. Deus é mais inteligente do que cientistas descrentes! Deus fez as coisas de uma forma que ninguém pode questionar sobre o poder dEle.

 

 

Em segundo lugar, quando olhamos para o céu, durante a noite, e observamos as estrelas, não podemos sequer dizer quantas estrelas há no céu. Contudo, a Bíblia diz, e fez as estrelas. Isso é apenas uma nota de rodapé, uma pequena observação, colocada dentro do texto, para mostrar que o poder de Deus é tão tremendo, que não exigiu de Deus nenhum esforço para criar todas as estrelas do céu.

 

 

E disse Deus: Produzam as águas abundantemente répteis de alma vivente; e voem as aves sobre a face da expansão dos céus. E Deus criou as grandes baleias, e todo o réptil de alma vivente que as águas abundantemente produziram conforme as suas espécies; e toda a ave de asas conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom. E Deus os abençoou, dizendo: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei as águas nos mares; e as aves se multipliquem na terra. E foi a tarde e a manhã, o dia quinto. (Gênesis 1:20-23).

 

 

A teoria da Evolução é uma mentira absolutamente diabólica do inferno. Deus criou a vida animal exatamente da maneira que nós a conhecemos hoje. Nunca foi encontrado nenhum “elo perdido”, e nunca será encontrado. Os elos não estão perdidos, eles não existem.

 

 

E disse Deus: Produza a terra alma vivente conforme a sua espécie; gado, e répteis e feras da terra conforme a sua espécie; e assim foi. E fez Deus as feras da terra conforme a sua espécie, e o gado conforme a sua espécie, e todo o réptil da terra conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom. E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra. (Gênesis 1:24-26).

 

 

Esses versículos são o registro de Deus sobre a criação que Ele fez. Deus criou o homem. Ele formou o homem do pó da terra. Portanto, você é um ser criado e Deus é o seu Deus.

 

 

Ora, quer você reconheça a Ele como sendo o seu Deus, e receba dele a vida eterna; ou quer você rejeite a autoridade e o senhorio dEle, o que te levará ao lago de fogo para passar a eternidade na morte ao invés de passá-la na vida – isso não muda os fatos.

 

 

A verdade é um fato imutável: você é um dos seres criados por Deus e você faria bem de confiar nEle. Você faria bem de preparar-se para encontrar teu Deus (Amós 4:12).

 

 

Você pode estar dizendo, “Como eu poderia encontrar Ele?”

 

 

Ora, sabendo que você não poderia encontrá-lo, Deus achou por bem vir até você. Ele tomou sobre Si a forma de um homem, veio para esta terra na pessoa do Senhor Jesus Cristo. Você não pode fazer nada a respeito do seu pecado, apenas ser punido por causa dele. Mas Deus, por causa do grande amor dEle por você, levou o seu pecado sobre Ele mesmo. Ele levou o seu pecado sobre o corpo dEle na cruz.

 

 

Quando o Senhor Jesus Cristo morreu na cruz do Calvário, Ele morreu para pagar pelo seu pecado. Então, porque Ele é Deus e possui o poder da vida eterna, após três dias e três noites ressuscitou dos mortos. Ele fez tudo que Ele poderia fazer para que você fosse salvo. Você deseja confiar nEle e nascer de novo hoje?

 

 

 

Voltar para o livro O FIRME FUNDAMENTO

 

 

 

 

 

   

 

  Locations of visitors to this page    The Fundamental Top 500   The Baptist Top 1000